Passar para o conteúdo principal
Aefp

Estabelecimento no Processo de Desenvolvimento Sustentável “E3D”

 

Após termos assumido, em 2014, um compromisso de reflexão e de implementação de ações que visam tornar o nosso estabelecimento eco-responsável, o LFIP exibe com orgulho, desde 2015, a “Bandeira Verde” (atribuída pela Associação Europeia da Bandeira Azul) e obteve, em 2018, o Cerificado E3D niv. 2 (atribuído pela Academia de Toulouse).
 
O LFIP é, atualmente, uma escola que trabalha em prol de um Desenvolvimento Sustentável e todos os membros da nossa comunidade (equipas pedagógicas, alunos, funcionários administrativos e técnicos, pais e parceiros) estão envolvidos neste projeto. Convém salientar que este estado de espírito estende-se para além do recinto escolar.
Assim, o LFIP, que já é um modelo pedagógico a nível local, junta-se a este compromisso de interesse geral, que é o desenvolvimento sustentável.
 
O nosso compromisso não se limita apenas a uma abordagem ambiental e ecológica, uma vez que as várias ações que realizamos respondem aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODD) da ONU.
 
Concretamente, as grandes linhas de ação delineadas no âmbito do CESC (Comissão para a Educação à Saúde e à Cidadania):

  • Vão ao encontro de três temas principais:
    • Ambiente – Ecologia – Biodiversidade ;
    • Consumo racional – Gestão dos resíduos ;
    • Cidadania e solidariedade;
  • Implementadas (entre outros) pelo Conselho Eco-Escola e o CVL com a ajuda de :
    • Divulgação de informações, graças à intervenção de profissionais, especialistas ou parceiros ;
    • Formações destinadas não só aos alunos, mas também aos funcionários e aos pais;
    • Ateliês e atividades que envolvem os alunos no projeto.

Graças a esta organização, 

  • Cada aluno, desde o Ensino Pré-escolar até ao 12º ano, ao longo da sua escolaridade e do seu percurso no LFIP, é desde logo orientado para o conceito de desenvolvimento sustentável e, depois, é incentivado a tornar-se um participante ativo no processo;
  • Todos os serviços e todos os membros da comunidade educativa desempenham, em função das suas áreas de atuação, um papel ativo no projeto;
  • Desde 2014, implementámos 120 ações, sendo que 59 delas passaram a realizar-se regularmente.